X

Bikecionário

Pedalar a gente aprende desde criança. Mas alguns termos no ciclismo são difíceis até para quem entende tudo do pedal. Conheça o Bikecionário da Caloi e tire suas dúvidas sobre os mais diferentes componentes da bike.
  • Ver ampliada Blocagem
    Blocagem: Peça que serve para dar aperto, sem o uso de ferramentas. Utilizada em algumas rodas e no canote do banco.
  • Ver ampliada Câmbio
    Câmbio: Dianteiro ou traseiro responsável em conduzir a corrente para cima ou para baixo entre as coroas ou catracas para efetuar a troca de marchas.
  • Ver ampliada Canote
    Canote: Peça que fixa o selim ao quadro e serve para adequar o tamanho do ciclista à sua bike.
  • Ver ampliada Catraca Cassete
    Catraca Cassete: Conjunto de catracas encaixadas no suporte do cubo, conhecido como núcleo.
  • Ver ampliada Firma-pé
    Firma-pé: Peça extensora do pedal que prende o pé através de uma correia com presilha. Também proporciona mais conforto e mais resistência nas subidas. Usado por cicloturistas e ciclistas amadores de MTB.
  • Ver ampliada Freios Cantilever
    Freios Cantilever: Sistema em que as sapatas de freios funcionam em forma de triângulo. Comum em bicicletas mais antigas e infantis.
  • Ver ampliada Full Suspension
    Full Suspension: Bicicleta dotada de suspensão no garfo e quadro. Este tipo de bike é usada principalmente em provas de downhill, dual Slalon e all mountain.
  • Ver ampliada Giro
    Giro: É a combinação da relação sincronizada com a rotação das pernas para manter um rítmo constante e proporcionar melhor desempenho nos treinos. O segredo de um bom ciclista para resistir às pedaladas em longas distâncias.
  • Ver ampliada Movimento Central
    Movimento Central: Conjunto de peças que fixa a pedivela. Tem a função de suportar os impactos sofridos entre o ciclista e a bicicleta. É também conhecido como eixo selado.
  • Ver ampliada Quadro
    Quadro: É o corpo da bicicleta. Liga todos os componentes. Disponíveis nos modelos hard tail, soft tail ou full suspension.
  • Ver ampliada Rapidfire
    Rapidfire: Alavanca de câmbio que serve para trocar de marchas. Criado pela empresa japonesa Shimano, o Rapidfire constitui em um dos mais eficientes equipamentos desenvolvidos para a bicicleta, graças à rapidez na troca de marchas.
  • Ver ampliada Sapatilha
    Sapatilha: Calçado especial para pedalar. Possui sola rígida e encaixa-se em pedal específico. Disponível em modelos próprios para as mais diferentes modalidades.
  • Ver ampliada Soft Tail
    Soft Tail: Tipo de quadro amortecido com pouco curso. Tem o objetivo de diminuir suavemente os impactos sofridos pela parte traseira. É uma alternativa à full suspension.
  • Ver ampliada Tubeless
    Tubeless: É um sitema especial que dispensa a câmara de ar. Semelhante às rodas dos automóveis modernos.
  • Ver ampliada Caixa de direção
    Caixa de direção: Peça que é acoplada ao quadro e serve para movimentar o garfo possibilitando que o ciclista direcione sua bicicleta para onde desejar.
  • Ver ampliada Caramanhola
    Caramanhola: Reservatório preso a um suporte fixo ao quadro para transportar líquidos em geral - utilizada por atletas de ciclismo, MTB e cicloturismo.
  • Ver ampliada Catraca Roda Livre
    Catraca Roda Livre: Conjunto de coroas rosqueadas no cubo.
  • Ver ampliada Ergo Power
    Ergo Power (Campagnolo): Conjunto que compreende manetes de freios e alavancas para troca de marcha. Semelhante ao STI.
  • Ver ampliada Freio a Disco
    Freio a Disco: Acionado por um cabo, esse tipo de freio apresenta boa performance de frenagem e baixa manutenção.
  • Ver ampliada Freios V-Brake
    Freios V-Brake: Sistema em que as sapatas de freios funcionam em forma de um quadrado, o que proporciona mais força e eficácia na frenagem . É a evolução do Cantilever. Por ser eficiente, é largamente utilizado no Mountain Bike, especialmente no Cross Country.
  • Ver ampliada Gancheira
    Gancheira: Suporte em alumínio que prende o câmbio traseiro ao quadro. Tem como objetivo ser flexível para evitar danos ao quadro, caso o câmbio sofra algum impacto.
  • Ver ampliada Hard Tail
    Hard Tail: Tipo de quadro rígido, sem suspensão. Uma mountain bike hard tail é simplesmente uma bicicleta de montanha sem suspensão traseira e em alguns casos não possuem também a suspenção dianteira.
  • Ver ampliada Mesa
    Mesa: Peça presa ao garfo que firma o guidão.
  • Ver ampliada Pedivela
    Pedivela: É uma peça da bicicleta onde se encontra a coroa frontal, que por sua vez fica acoplada ao movimento central. Existem dois tipos de pedivela: a que já vem acompanhada de coroa e a que não acompanha coroa. Possui vários tipos de tamanho, marcas e materiais. Cada uma das rodas denteadas (coroas) contém uma quantidade específica de dentes que facilitam na hora da pedalada, tanto na subida, quanto nas descidas e retas.
  • Ver ampliada STI
    STI: Sistema de Transmissão Integrada (Shimano). Esse sistema corresponde a integração de alavanca de freio e trocadores de marcha, o que possibilita ao ciclista mudar de marcha pedalando de pé na bike, já que antes do STI o ciclista era obrigado a sentar no selim para efetuar a troca das marchas. Outro sistema parecido é o Ergo Power.
  • Ver ampliada Spinner
    Spinner: Estilo de pedalada baseada em marcha leve, com alta rotação das pernas e velocidade constante. Comum entre os velocistas.
Não encontrou o que procurava? Envie aqui a sua dúvida.